#AgapeCuidadoresDeIdosos Instagram Photos & Videos

Talvez o Alzheimer não afete tanto os doentes em si, posto que estes muitas vezes mal sabem que sofrem desse mal, mas afeta muito os parentes mais próximos, como cônjuges ou filhos. 
#amor #cuidado #idosos #alzheimer #familia #life #geriatria #agapecuidadoresdeidosos #qualidadedevida

Talvez o Alzheimer não afete tanto os doentes em si, posto que estes muitas vezes mal sabem que sofrem desse mal, mas afeta muito os parentes mais próximos, como cônjuges ou filhos.
#amor #cuidado #idosos #alzheimer #familia #life #geriatria #agapecuidadoresdeidosos #qualidadedevida

26 1 22 hours ago
Envelhecimento saudável, passa a ser a resultante da interação multidimensional entre saúde física, saúde mental, independência na vida diária, integração social, suporte familiar e independência econômica.  A perda de um ente querido, a falência econômica, uma doença incapacitante, um distúrbio mental, um acidente, são eventos cotidianos que podem, juntos ou isoladamente, comprometer a capacidade funcional de um indivíduo. 
O bem-estar na velhice, ou saúde num sentido amplo, seria o resultado do equilíbrio entre as várias dimensões da capacidade funcional do idoso, sem necessariamente significar ausência de problemas em todas as dimensões.

#idosos #cuidado #amor #familia #qualidadedevida #acolhimento #geriatriaegerontologia #AgapeCuidadoresDeIdosos #life

Envelhecimento saudável, passa a ser a resultante da interação multidimensional entre saúde física, saúde mental, independência na vida diária, integração social, suporte familiar e independência econômica. A perda de um ente querido, a falência econômica, uma doença incapacitante, um distúrbio mental, um acidente, são eventos cotidianos que podem, juntos ou isoladamente, comprometer a capacidade funcional de um indivíduo.
O bem-estar na velhice, ou saúde num sentido amplo, seria o resultado do equilíbrio entre as várias dimensões da capacidade funcional do idoso, sem necessariamente significar ausência de problemas em todas as dimensões.

#idosos #cuidado #amor #familia #qualidadedevida #acolhimento #geriatriaegerontologia #AgapeCuidadoresDeIdosos #life

30 0 20 August, 2019
O olhar Ágape, o nosso olhar para cada paciente.

#amor #idosos #cuidado #gratidao #qualidadedevida #life #geriatriaegerontologia #AgapeCuidadoresDeIdosos

O olhar Ágape, o nosso olhar para cada paciente.

#amor #idosos #cuidado #gratidao #qualidadedevida #life #geriatriaegerontologia #AgapeCuidadoresDeIdosos

31 0 15 August, 2019
Esse cuidado deve ir além dos cuidados com o corpo físico, pois além do sofrimento físico decorrente de uma doença ou limitação, há que se levar em conta as questões
emocionais, a história de vida, os sentimentos e emoções da pessoa a ser cuidada.

#cuidado #idosos #amor #life #qualidadedevida #montesclarosmg #gratidao #AgapeCuidadoresDeIdosos

Esse cuidado deve ir além dos cuidados com o corpo físico, pois além do sofrimento físico decorrente de uma doença ou limitação, há que se levar em conta as questões
emocionais, a história de vida, os sentimentos e emoções da pessoa a ser cuidada.

#cuidado #idosos #amor #life #qualidadedevida #montesclarosmg #gratidao #AgapeCuidadoresDeIdosos

39 1 13 August, 2019
Filhos nos fazem seres humanos melhores.

O que um filho faz por você nenhuma outra experiência faz.  Viajar o mundo te transforma, uma carreira de sucesso é gratificante, independência é delicioso. 
Ainda assim, nada te modificará de forma tão permanente como um filho.

A família ÁGAPE deseja um Feliz Dia dos Pais.

#familia #pais #amor #cuidado #geriatriaegerontologia #life #AgapeCuidadoresDeIdosos #qualidadedevida

Filhos nos fazem seres humanos melhores.

O que um filho faz por você nenhuma outra experiência faz. Viajar o mundo te transforma, uma carreira de sucesso é gratificante, independência é delicioso.
Ainda assim, nada te modificará de forma tão permanente como um filho.

A família ÁGAPE deseja um Feliz Dia dos Pais.

#familia #pais #amor #cuidado #geriatriaegerontologia #life #AgapeCuidadoresDeIdosos #qualidadedevida

38 1 11 August, 2019
O que um pai não faz por um filho?

#familia #cuidado #amor #gratidao #qualidadedevida #life #AgapeCuidadoresDeIdosos

O que um pai não faz por um filho?

#familia #cuidado #amor #gratidao #qualidadedevida #life #AgapeCuidadoresDeIdosos

32 1 11 August, 2019
MITO!
Demência é um termo que costuma assustar as pessoas por estar associada à ideia de loucura. Mas na verdade, ela é usada para definir quadros que tem como característica a perda cognitiva progressiva.  O que poucos sabem é que as demências não são consequências do envelhecimento, mas aparecem com o envelhecimento! Ou seja, apesar de comuns, as demências não fazem parte do envelhecimento normal. (foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #cuidadoresdeidosos #montesclaros #alzheimer #geriatriaegerontologia #envelhecimentoativo #EnvelhecimentoSaudavel

MITO!
Demência é um termo que costuma assustar as pessoas por estar associada à ideia de loucura. Mas na verdade, ela é usada para definir quadros que tem como característica a perda cognitiva progressiva. O que poucos sabem é que as demências não são consequências do envelhecimento, mas aparecem com o envelhecimento! Ou seja, apesar de comuns, as demências não fazem parte do envelhecimento normal. (foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #cuidadoresdeidosos #montesclaros #alzheimer #geriatriaegerontologia #envelhecimentoativo #EnvelhecimentoSaudavel

31 0 5 July, 2019
VERDADE!

Atividades cognitivas, alimentação saudável e exercícios físicos são alguns exemplos de práticas que apesar de não impedir o desenvolvimento da doença contribue para retardar o início e o aparecimento dos sintomas. Isso acontece pq essas atitudes aumenta a reserva cognitiva e podem ajudar a pessoa adquirir estratégia para lidar com as perdas da doença.
(foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #cuidadoresdeidosos #montesclaros #ExcelenciaEmCuidar #envelhecimentoativo #ViverMaiseMelhor #QualidadeDeVida #geriatriaegerontologia

VERDADE!

Atividades cognitivas, alimentação saudável e exercícios físicos são alguns exemplos de práticas que apesar de não impedir o desenvolvimento da doença contribue para retardar o início e o aparecimento dos sintomas. Isso acontece pq essas atitudes aumenta a reserva cognitiva e podem ajudar a pessoa adquirir estratégia para lidar com as perdas da doença.
(foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #cuidadoresdeidosos #montesclaros #ExcelenciaEmCuidar #envelhecimentoativo #ViverMaiseMelhor #QualidadeDeVida #geriatriaegerontologia

21 0 28 June, 2019
Verdade!
O cuidador precisa estar fisica e psicologicamente saudavel para lidar com as situações de muito estresse.

Participar do processo de degeneração cognitiva geradora de incapacitação confronta o familiar-cuidador com o medo em relação ao futuro do paciente e de si mesmo. 
Assistir ao seu familiar perder gradativamente sua identidade gera intenso sofrimento e impotência, e o relacionamento com o paciente passa a ser um confronto com múltiplas e cumulativas perdas que precisam ser constantemente adaptadas.

Aceitar a nova realidade será um processo construído aos poucos a partir do convívio com a nova situação e das adaptações graduais que serão realizadas.  Aos poucos, aceitando o processo de adoecimento e enfrentando o dia a dia, os sintomas e obstáculos, muitas alternativas são vislumbradas e novos relacionamentos estabelecidos.  Além de um tempo de adaptação, os familiares-cuidadores precisam de informação, reflexão sobre escolhas e decisões e apoio emocional e social. Bem amparados, eles aprenderão a conviver com a doença e com a pessoa com Alzheimer com qualidade e serenidade.
(foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #EnvelhecimentoAtivo #ViverMaiseMelhor #QualidadeDeVida

Verdade!
O cuidador precisa estar fisica e psicologicamente saudavel para lidar com as situações de muito estresse.

Participar do processo de degeneração cognitiva geradora de incapacitação confronta o familiar-cuidador com o medo em relação ao futuro do paciente e de si mesmo.
Assistir ao seu familiar perder gradativamente sua identidade gera intenso sofrimento e impotência, e o relacionamento com o paciente passa a ser um confronto com múltiplas e cumulativas perdas que precisam ser constantemente adaptadas.

Aceitar a nova realidade será um processo construído aos poucos a partir do convívio com a nova situação e das adaptações graduais que serão realizadas. Aos poucos, aceitando o processo de adoecimento e enfrentando o dia a dia, os sintomas e obstáculos, muitas alternativas são vislumbradas e novos relacionamentos estabelecidos. Além de um tempo de adaptação, os familiares-cuidadores precisam de informação, reflexão sobre escolhas e decisões e apoio emocional e social. Bem amparados, eles aprenderão a conviver com a doença e com a pessoa com Alzheimer com qualidade e serenidade.
(foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #EnvelhecimentoAtivo #ViverMaiseMelhor #QualidadeDeVida

25 0 21 June, 2019
O namoro na terceira idade, cada vez deixa para trás o mito da velhice inativa e é uma realidade em muitas famílias.  Quem não gosta de se apaixonar e começar uma relação a dois? Paquerar e viver um amor não é mais exclusividade de adolescentes e jovens adultos. Os idosos também estão redescobrindo os prazeres da afetividade. Confira os principais benefícios: - Combate à depressão 
Embora não deva ser vista como uma situação normal, a depressão costuma ser um problema comum em idosos. A preocupação com possíveis problemas de saúde e a solidão são gatilhos para essa doença e o namoro pode ser um santo remédio. 
Ao se relacionar afetivamente, o idoso experimenta novas sensações, ganha um novo sentido de vida e se sente mais feliz, diminuindo as chances de desenvolver a doença. - Resgate da vaidade e cuidados com a saúde 
Todo mundo já sentiu o desejo de estar mais bonito para agradar o parceiro. Na terceira idade isso não é diferente.  O namoro contribui para que o idoso resgate a própria vaidade – muitas vezes perdida nesse passar de anos – e a vontade de cuidar mais do corpo e da saúde. Isso aumenta a autoestima e melhora a qualidade de vida dessas pessoas. - Aumento da prática de atividades físicas 
Para melhorarem a aparência e o ânimo, muitos começam a praticar mais atividades físicas, como a caminhada, o Pilates e a dança. Essa última, muitas vezes praticada em casal, durante o namoro na terceira idade.  Elas melhoram o condicionamento físico e também trazem benefícios emocionais. O corpo produz mais endorfina – o chamado hormônio da felicidade, que aumenta ainda mais a sensação de felicidade, diminuindo as dores no corpo e na cabeça.

Ágape Cuidadores de Idosos deseja a todos os casais, um Feliz Dia dos Namorados.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #EnvelhecimentoAtivo #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor

O namoro na terceira idade, cada vez deixa para trás o mito da velhice inativa e é uma realidade em muitas famílias. Quem não gosta de se apaixonar e começar uma relação a dois? Paquerar e viver um amor não é mais exclusividade de adolescentes e jovens adultos. Os idosos também estão redescobrindo os prazeres da afetividade. Confira os principais benefícios: - Combate à depressão
Embora não deva ser vista como uma situação normal, a depressão costuma ser um problema comum em idosos. A preocupação com possíveis problemas de saúde e a solidão são gatilhos para essa doença e o namoro pode ser um santo remédio.
Ao se relacionar afetivamente, o idoso experimenta novas sensações, ganha um novo sentido de vida e se sente mais feliz, diminuindo as chances de desenvolver a doença. - Resgate da vaidade e cuidados com a saúde
Todo mundo já sentiu o desejo de estar mais bonito para agradar o parceiro. Na terceira idade isso não é diferente. O namoro contribui para que o idoso resgate a própria vaidade – muitas vezes perdida nesse passar de anos – e a vontade de cuidar mais do corpo e da saúde. Isso aumenta a autoestima e melhora a qualidade de vida dessas pessoas. - Aumento da prática de atividades físicas
Para melhorarem a aparência e o ânimo, muitos começam a praticar mais atividades físicas, como a caminhada, o Pilates e a dança. Essa última, muitas vezes praticada em casal, durante o namoro na terceira idade. Elas melhoram o condicionamento físico e também trazem benefícios emocionais. O corpo produz mais endorfina – o chamado hormônio da felicidade, que aumenta ainda mais a sensação de felicidade, diminuindo as dores no corpo e na cabeça.

Ágape Cuidadores de Idosos deseja a todos os casais, um Feliz Dia dos Namorados.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #EnvelhecimentoAtivo #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor

29 1 13 June, 2019
Hoje é domingo, dia de filme! 🎥🎞🍿
O nosso escolhido é: Elsa e Fred.

Aborda diversos aspectos tabus na velhice, e traz a possibilidade de haver uma identificação com os protagonistas, e com a narrativa, independente da idade do expectador, uma vez que o filme traz à luz temas comuns em todas as fases do envelhecer, vivenciado de maneira mais ou menos difíceis por cada um de nós.

Entre os temas presentes no filme está a dificuldade em superar o luto na viuvez, vivido por Fred e superado com a chegada de Elsa à sua vida, que através de seu otimismo e alegria, coloca um espaço de acolhimento e elaboração para que Fred possa transformar seu sentimento em abertura, e passe a se permitir experienciar o novo.  A viuvez nesta fase pode gerar diversas complicações, perder o parceiro com quem a pessoa dividiu muitos anos de sua vida pode levar a processos degenerativos, como depressão e
outros transtornos.  Muitas vezes quando há a morte de um dos cônjuges a família destitui o lugar daquele que está vivo, e dá pouco espaço para que o indivíduo possa elaborar seu sofrimento e ressignificar sua vida futura.  A narrativa vem quebrar tabus,mesmo com o aspecto romanceado do filme traz que na terceira idade o amor ainda pode envolver paixão, erotismo e sonhos, com espírito da juventude sem negar a velhice.

#filmesdaagape #AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #idosos #envelhecimentoativo #vivermaisemelhor #qualidadedevida

Hoje é domingo, dia de filme! 🎥🎞🍿
O nosso escolhido é: Elsa e Fred.

Aborda diversos aspectos tabus na velhice, e traz a possibilidade de haver uma identificação com os protagonistas, e com a narrativa, independente da idade do expectador, uma vez que o filme traz à luz temas comuns em todas as fases do envelhecer, vivenciado de maneira mais ou menos difíceis por cada um de nós.

Entre os temas presentes no filme está a dificuldade em superar o luto na viuvez, vivido por Fred e superado com a chegada de Elsa à sua vida, que através de seu otimismo e alegria, coloca um espaço de acolhimento e elaboração para que Fred possa transformar seu sentimento em abertura, e passe a se permitir experienciar o novo. A viuvez nesta fase pode gerar diversas complicações, perder o parceiro com quem a pessoa dividiu muitos anos de sua vida pode levar a processos degenerativos, como depressão e
outros transtornos. Muitas vezes quando há a morte de um dos cônjuges a família destitui o lugar daquele que está vivo, e dá pouco espaço para que o indivíduo possa elaborar seu sofrimento e ressignificar sua vida futura. A narrativa vem quebrar tabus,mesmo com o aspecto romanceado do filme traz que na terceira idade o amor ainda pode envolver paixão, erotismo e sonhos, com espírito da juventude sem negar a velhice.

#filmesdaagape #AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #idosos #envelhecimentoativo #vivermaisemelhor #qualidadedevida

22 0 9 June, 2019
De forma cômica o canal PORTA DOS FUNDOS fala de algo muito sério referente a IATROGENIA MEDICAMENTOSA, principalmente quando o paciente é idoso, temos a 'mania' de pensar que tudo se resolve apenas com medicação, e muitas das vezes acabamos fazendo isso de maneira errônea e descontrolada. 
A iatrogenia adquire maior importância nos indivíduos idosos, nos quais tanto sua incidência como a intensidade de suas manifestações costumam ser mais acentuadas (Steel e col.27, 1981, Leape e col.18, 1991, Lefèvre e col.19, 1992), No Harvard Medical Malpractice Study, revisão de 30.000 prontuários médicos de 51 hospitais de Nova York mostrou que pacientes com mais de 65 anos de idade tiveram incidência de iatrogenia duas vezes maior em relação aos pacientes com 16 a 44 anos (Leape e col.18, 1991). Como o atendimento do idoso apresenta um caráter multidisciplinar, onde profissionais de várias áreas associam-se para oferecer uma assistência global ao paciente, o conceito de iatrogenia em geriatria tem significado mais amplo, relacionando-se às condutas tomadas pelos vários membros da equipe (Carvalho-Filho e col.6, 1996). Por isso fica a importância de não se automedicar ou medicar os pacientes de maneira aleatória, a doença está muito além do uso de medicamentos.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor
#EnvelhecimentoSaudavel

De forma cômica o canal PORTA DOS FUNDOS fala de algo muito sério referente a IATROGENIA MEDICAMENTOSA, principalmente quando o paciente é idoso, temos a 'mania' de pensar que tudo se resolve apenas com medicação, e muitas das vezes acabamos fazendo isso de maneira errônea e descontrolada.
A iatrogenia adquire maior importância nos indivíduos idosos, nos quais tanto sua incidência como a intensidade de suas manifestações costumam ser mais acentuadas (Steel e col.27, 1981, Leape e col.18, 1991, Lefèvre e col.19, 1992), No Harvard Medical Malpractice Study, revisão de 30.000 prontuários médicos de 51 hospitais de Nova York mostrou que pacientes com mais de 65 anos de idade tiveram incidência de iatrogenia duas vezes maior em relação aos pacientes com 16 a 44 anos (Leape e col.18, 1991). Como o atendimento do idoso apresenta um caráter multidisciplinar, onde profissionais de várias áreas associam-se para oferecer uma assistência global ao paciente, o conceito de iatrogenia em geriatria tem significado mais amplo, relacionando-se às condutas tomadas pelos vários membros da equipe (Carvalho-Filho e col.6, 1996). Por isso fica a importância de não se automedicar ou medicar os pacientes de maneira aleatória, a doença está muito além do uso de medicamentos.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor
#EnvelhecimentoSaudavel

21 0 8 June, 2019
O dia 15 de junho marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, data instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES). O objetivo é sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos.

A Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa PNPSI, aprovada pela Portaria nº 2.528/GM, do Ministério da Saúde de 19 de outubro de 2006, tem dentre suas diretrizes “a promoção do envelhecimento ativo e saudável”, que visa dentre outras, realizar ações integradas de combate à violência doméstica e institucional contra a pessoa idosa.

Segundo a Organização Mundial de Saúde: a violência contra a pessoa idosa consiste em ações ou omissões cometidas uma vez ou muitas vezes, prejudicando a integridade física e emocional da pessoa idosa, impedindo o desempenho de seu papel social.

As formas de violência contra a pessoa idosa são diversas, dentre elas podemos citar: •Física: •Negligência/abandono: •Sexual: •Econômico-financeira e patrimonial: •Autoagressão: •Autonegligência: • Psicológica:

Importante lembrar, também, que o art. 19. do Estatuto do Idoso (Lei No 10.741/2003, alterada pela Lei nº 12.461, de 2011) prevê que os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos serão objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à autoridade sanitária, bem como serão obrigatoriamente comunicados por eles a quaisquer dos seguintes órgãos:  autoridade policial; Ministério Público; Conselho Municipal, Estadual ou Nacional do Idoso.

A notificação compulsória de violências é um instrumento de vigilância que identifica e qualifica os casos suspeitos ou confirmados de agressão que são atendidos na rede pública de saúde com o objetivo de implementar políticas públicas de atenção às vítimas. A notificação compulsória é registrada no sistema VIVA-SINAN do Ministério da Saúde.

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ContraViolenciaComosIdosos
#EnvelhecimentoSaudavel
#envelhecimentoativo #vivermaisemelhor #gerontologiaporamor👵🏻❤❤

O dia 15 de junho marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, data instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES). O objetivo é sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos.

A Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa PNPSI, aprovada pela Portaria nº 2.528/GM, do Ministério da Saúde de 19 de outubro de 2006, tem dentre suas diretrizes “a promoção do envelhecimento ativo e saudável”, que visa dentre outras, realizar ações integradas de combate à violência doméstica e institucional contra a pessoa idosa.

Segundo a Organização Mundial de Saúde: a violência contra a pessoa idosa consiste em ações ou omissões cometidas uma vez ou muitas vezes, prejudicando a integridade física e emocional da pessoa idosa, impedindo o desempenho de seu papel social.

As formas de violência contra a pessoa idosa são diversas, dentre elas podemos citar: •Física: •Negligência/abandono: •Sexual: •Econômico-financeira e patrimonial: •Autoagressão: •Autonegligência: • Psicológica:

Importante lembrar, também, que o art. 19. do Estatuto do Idoso (Lei No 10.741/2003, alterada pela Lei nº 12.461, de 2011) prevê que os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos serão objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à autoridade sanitária, bem como serão obrigatoriamente comunicados por eles a quaisquer dos seguintes órgãos:  autoridade policial; Ministério Público; Conselho Municipal, Estadual ou Nacional do Idoso.

A notificação compulsória de violências é um instrumento de vigilância que identifica e qualifica os casos suspeitos ou confirmados de agressão que são atendidos na rede pública de saúde com o objetivo de implementar políticas públicas de atenção às vítimas. A notificação compulsória é registrada no sistema VIVA-SINAN do Ministério da Saúde.

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ContraViolenciaComosIdosos
#EnvelhecimentoSaudavel
#envelhecimentoativo #vivermaisemelhor #gerontologiaporamor👵🏻❤❤

21 1 4 June, 2019
O casamento é um momento muito esperado por todos os familiares , e os avós são fundamentais nesse dia tão abençoado. Pensando nisso a Ágape - Cuidadores de Idosos, quer fazer parte desse momento cuidando de quem você mais ama nesse dia tão especial.

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar
#gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

O casamento é um momento muito esperado por todos os familiares , e os avós são fundamentais nesse dia tão abençoado. Pensando nisso a Ágape - Cuidadores de Idosos, quer fazer parte desse momento cuidando de quem você mais ama nesse dia tão especial.

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar
#gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

24 0 4 June, 2019
Agradecer aos patrocinadores e apoiadores do I Simpósio Multidisciplinar em Saúde do Idoso.

@simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

Agradecer aos patrocinadores e apoiadores do I Simpósio Multidisciplinar em Saúde do Idoso.

@simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

22 0 31 May, 2019
Segue a Programação do Simpósio.

@simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

Segue a Programação do Simpósio.

@simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

28 0 31 May, 2019
Com prazer apresentamos nossa palestrante Anabela Sales.
- Psicóloga Clínica;
- Especialista em Terapia Familiar Sistêmica.

Siga a página do Simpósio @simposiosaudedoidoso

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar
#gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

Com prazer apresentamos nossa palestrante Anabela Sales.
- Psicóloga Clínica;
- Especialista em Terapia Familiar Sistêmica.

Siga a página do Simpósio @simposiosaudedoidoso

#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar
#gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

31 2 30 May, 2019
- Graduação em Enfermagem;
- Pós graduada em Enfermagem Dermatológica;
- Pós graduada em Enfermagem Estomaterapia;
- Especialista em tratamento de feridas a laser e ozônioterapia;
- Especialista em tratamento de feridas no pós operatório.

Sigam o Instagram do simpósio @simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

- Graduação em Enfermagem;
- Pós graduada em Enfermagem Dermatológica;
- Pós graduada em Enfermagem Estomaterapia;
- Especialista em tratamento de feridas a laser e ozônioterapia;
- Especialista em tratamento de feridas no pós operatório.

Sigam o Instagram do simpósio @simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

21 0 29 May, 2019
Com muito prazer apresentamos o Grupo que fará abertura do Simpósio.

Siga a página do Simpósio @simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

Com muito prazer apresentamos o Grupo que fará abertura do Simpósio.

Siga a página do Simpósio @simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor

29 0 29 May, 2019
Dr. Carlos Alberto  Leal Valias
- Gastroenterologista e Endoscopista.
- Título de Especialista em Gastroenterologia Federação  Brasileira de Gastroenterologia - RQE.: 13247;
- Membro Titular da sociedade brasileira de  Endoscopia - RQE.: 19318;
- Professor de Gastroenterologia das Faculdades UNIFIP e Funorte;
- Diretor técnico do Grupo  GastroVida;
- Membro do Grupo de  Estudo do Esôfago Brasil - Portugal;
- Membro do Grupo  de  Estudos Brasileiro de Doenças Inflamatórias Intestinais - GEDIIB;
- Membro da Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva e Neurogastroenterologia;
- Membro do Rome Foudation

Segue a página @simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar
#EnvelhecimentoSaudavel #gerontologiaporamor👵🏻 #vivermaisemelhor 
Vagas limitadas, faça logo a sua inscrição.

Dr. Carlos Alberto Leal Valias
- Gastroenterologista e Endoscopista.
- Título de Especialista em Gastroenterologia Federação Brasileira de Gastroenterologia - RQE.: 13247;
- Membro Titular da sociedade brasileira de Endoscopia - RQE.: 19318;
- Professor de Gastroenterologia das Faculdades UNIFIP e Funorte;
- Diretor técnico do Grupo GastroVida;
- Membro do Grupo de Estudo do Esôfago Brasil - Portugal;
- Membro do Grupo de Estudos Brasileiro de Doenças Inflamatórias Intestinais - GEDIIB;
- Membro da Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva e Neurogastroenterologia;
- Membro do Rome Foudation

Segue a página @simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos
#ExcelenciaEmCuidar
#EnvelhecimentoSaudavel #gerontologiaporamor👵🏻 #vivermaisemelhor
Vagas limitadas, faça logo a sua inscrição.

21 0 26 May, 2019
Camilla Ribeiro Felício Guimarães
- Médica Geriatra - Residência em Clínica Médica pelo Hospital Universitário Clemente de Faria. - Residência Médica em Geriatria no Hospital Universitário Clemente de Farias.
- Especializando em cuidados paliativos.
- Professora do Instituto de Ciências da Saúde - Funorte na disciplina de Habilidades de saúde do idoso.
- Preceptora da residência de Geriatria HUCF.

Siga o Instagram @simposiosaudedoidoso 
Faça a sua inscrição.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

Camilla Ribeiro Felício Guimarães
- Médica Geriatra - Residência em Clínica Médica pelo Hospital Universitário Clemente de Faria. - Residência Médica em Geriatria no Hospital Universitário Clemente de Farias.
- Especializando em cuidados paliativos.
- Professora do Instituto de Ciências da Saúde - Funorte na disciplina de Habilidades de saúde do idoso.
- Preceptora da residência de Geriatria HUCF.

Siga o Instagram @simposiosaudedoidoso
Faça a sua inscrição.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

23 0 25 May, 2019
Jaqueline Teixeira Teles -Nutricionisa
- Mestre em Cuidado Primário em Saúde.
- Especialista em geriatria e gerontologia.
- Docente de pós graduação ministrando a disciplina Nutrição no envelhecimento.
- Docente do cursos Medicina na Unimontes, Funorte e Pitagoras.
-Docente do curso de enfermagem.

Segue a nossa página @simposiosaudedoidoso 
Faça a sua inscrição 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

Jaqueline Teixeira Teles -Nutricionisa
- Mestre em Cuidado Primário em Saúde.
- Especialista em geriatria e gerontologia.
- Docente de pós graduação ministrando a disciplina Nutrição no envelhecimento.
- Docente do cursos Medicina na Unimontes, Funorte e Pitagoras.
-Docente do curso de enfermagem.

Segue a nossa página @simposiosaudedoidoso
Faça a sua inscrição
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

25 0 25 minutes ago
Lucas Ladeia, Médico Residente em Ortopedia.

Sigam o Instagram do simpósio @simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

Lucas Ladeia, Médico Residente em Ortopedia.

Sigam o Instagram do simpósio @simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

27 3 16 hours ago
- MÉDICO GINECOLOGISTA E OBSTETRA - MESTRADO PELA UNIMONTES
- PÓS - GRADUAÇÃO EM CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA NA FIOCRUZ - RJ
- DIRETOR CLÍNICO DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS MÁRIO RIBEIRO DA SILVEIRA
- PRECEPTOR DE RESIDÊNCIA MÉDICA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA DA UNIMONTES
- DOCENTE DA FUNORTE E UNIFIPMOC

@simposiosaudedoidoso
Faça sua inscrição!

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

- MÉDICO GINECOLOGISTA E OBSTETRA - MESTRADO PELA UNIMONTES
- PÓS - GRADUAÇÃO EM CIRURGIA MINIMAMENTE INVASIVA NA FIOCRUZ - RJ
- DIRETOR CLÍNICO DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS MÁRIO RIBEIRO DA SILVEIRA
- PRECEPTOR DE RESIDÊNCIA MÉDICA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA DA UNIMONTES
- DOCENTE DA FUNORTE E UNIFIPMOC

@simposiosaudedoidoso
Faça sua inscrição!

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

34 0 22 May, 2019
Graduada em Serviço Social,
Pós em Gestão DO SUAS, 
Pós graduada em Atendimento psicosocial e Direito de família.
Presidente do Conselho do Idoso e Coordenadora da Coordenadoria do Idoso.

@simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

Graduada em Serviço Social,
Pós em Gestão DO SUAS,
Pós graduada em Atendimento psicosocial e Direito de família.
Presidente do Conselho do Idoso e Coordenadora da Coordenadoria do Idoso.

@simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel #vivermaisemelhor

20 0 22 May, 2019
Daniela Freitas Soares é presença confirmada do I Simpósio Multidisciplinar em Saúde do Idoso.
- Fisioterapeuta - PUC / MINAS
- Pós - Graduação em Terapia Manual e Postural
- Formação em Pilates , Quiropraxia, disfunção temporomandibular e dor orofacial
- Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Disfunção Temporomandibular e dor orofacial.

@simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel

Daniela Freitas Soares é presença confirmada do I Simpósio Multidisciplinar em Saúde do Idoso.
- Fisioterapeuta - PUC / MINAS
- Pós - Graduação em Terapia Manual e Postural
- Formação em Pilates , Quiropraxia, disfunção temporomandibular e dor orofacial
- Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Disfunção Temporomandibular e dor orofacial.

@simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel

23 0 21 May, 2019
Maria Ângela Martins Pinheiro
Médica geriatra titulada pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 
Mestrado em saúde pública/epidemiologia pela UFMG. 
Título de especialista em densitometria óssea pelo Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem. 
Coordenadora do módulo de Saúde do homem e envelhecimento nas Faculdades Unidas do Norte de Minas – Instituto Ciências da Saúde (ICS). @simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel

Maria Ângela Martins Pinheiro
Médica geriatra titulada pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.
Mestrado em saúde pública/epidemiologia pela UFMG.
Título de especialista em densitometria óssea pelo Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem.
Coordenadora do módulo de Saúde do homem e envelhecimento nas Faculdades Unidas do Norte de Minas – Instituto Ciências da Saúde (ICS). @simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻 #EnvelhecimentoSaudavel

26 0 21 May, 2019
Vem aí o " I Simpósio Multidisciplinar em Saúde do Idoso" em Montes Claros, com o objetivo de Promover o debate sobre o cuidado multiprofissional para a pessoa idosa.

@simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻

Vem aí o " I Simpósio Multidisciplinar em Saúde do Idoso" em Montes Claros, com o objetivo de Promover o debate sobre o cuidado multiprofissional para a pessoa idosa.

@simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻

37 0 21 May, 2019
Para manter a qualidade de vida e saúde de um idoso, é necessário que a família tenha atenção a muitos aspectos.

Por mais independente que seja o idoso, os cuidados gerais mais importantes devem ficar a cargo de outra pessoa que possa estar sempre presente, como um cuidador familiar ou profissional. Entre as tarefas mais comuns para as quais um idoso precisa de ajuda estão cuidar da higiene pessoal, fazer compras, preparar refeições, ir ao médico e lidar com as finanças pessoais, entre outras.
... Dieta e atividade física

O acompanhante ou cuidador deve prestar atenção especial à dieta do idoso, para que ele mantenha sempre um equilíbrio entre os grupos alimentares adequados e evite excessos. O cuidador ainda deve manter o idoso sempre hidratado, oferecendo uma quantidade suficiente de líquidos ao longo do dia. Para ajudar a manter o bem-estar, o ideal ainda é que seja estimulada a adoção de uma atividade física simples, como caminhada ou hidroginástica.

Medicação em dia

Se o idoso faz uso de medicamentos, é sempre importante estar atento aos horários e doses diárias para evitar o agravamento de doenças. O uso de uma caixa organizadora é altamente recomendável nesses casos, pois auxilia tanto o cuidador quanto o idoso a manter a medicação em dia.

Segurança no ambiente

Quando se fala em segurança para os idosos, a indicação é tornar o ambiente de casa tão seguro quanto for possível, da mesma forma que seria feito para uma criança. Entre os elementos necessários estão: corrimãos em todas as escadas, rampas de acesso se necessário, boa iluminação, uso de tapetes antiderrapantes, apenas para citar alguns exemplos.

Consultas regulares ao Geriatra

A avaliação do geriatra integra diversos aspectos que interferem diretamente na vida do idoso. Sendo assim, ele avalia diversos aspectos, entre eles: clínico, cognitivo, afetivo, ambiental, social, econômico, espiritual e funcional.

Circulo afetivo

Por fim, estimular o contato com a família e amigos. Além da prática de uma atividade artística ou hobby para passar o tempo. Estas ações oferecem bons resultado e incentivam os idosos a cuidarem de si mesmos e buscarem uma vida plena e feliz.

#AgapeCuidadoresDeIdosos

Para manter a qualidade de vida e saúde de um idoso, é necessário que a família tenha atenção a muitos aspectos.

Por mais independente que seja o idoso, os cuidados gerais mais importantes devem ficar a cargo de outra pessoa que possa estar sempre presente, como um cuidador familiar ou profissional. Entre as tarefas mais comuns para as quais um idoso precisa de ajuda estão cuidar da higiene pessoal, fazer compras, preparar refeições, ir ao médico e lidar com as finanças pessoais, entre outras.
... Dieta e atividade física

O acompanhante ou cuidador deve prestar atenção especial à dieta do idoso, para que ele mantenha sempre um equilíbrio entre os grupos alimentares adequados e evite excessos. O cuidador ainda deve manter o idoso sempre hidratado, oferecendo uma quantidade suficiente de líquidos ao longo do dia. Para ajudar a manter o bem-estar, o ideal ainda é que seja estimulada a adoção de uma atividade física simples, como caminhada ou hidroginástica.

Medicação em dia

Se o idoso faz uso de medicamentos, é sempre importante estar atento aos horários e doses diárias para evitar o agravamento de doenças. O uso de uma caixa organizadora é altamente recomendável nesses casos, pois auxilia tanto o cuidador quanto o idoso a manter a medicação em dia.

Segurança no ambiente

Quando se fala em segurança para os idosos, a indicação é tornar o ambiente de casa tão seguro quanto for possível, da mesma forma que seria feito para uma criança. Entre os elementos necessários estão: corrimãos em todas as escadas, rampas de acesso se necessário, boa iluminação, uso de tapetes antiderrapantes, apenas para citar alguns exemplos.

Consultas regulares ao Geriatra

A avaliação do geriatra integra diversos aspectos que interferem diretamente na vida do idoso. Sendo assim, ele avalia diversos aspectos, entre eles: clínico, cognitivo, afetivo, ambiental, social, econômico, espiritual e funcional.

Circulo afetivo

Por fim, estimular o contato com a família e amigos. Além da prática de uma atividade artística ou hobby para passar o tempo. Estas ações oferecem bons resultado e incentivam os idosos a cuidarem de si mesmos e buscarem uma vida plena e feliz.

#AgapeCuidadoresDeIdosos

24 1 19 May, 2019
A atividade física oferece importantes benefícios à população da terceira idade, tais como, a prevenção e diminuição de problemas cardiovasculares, pulmonares, auxilio no controle da diabetes, artrite, doenças cardíacas, fortalecimento muscular, manutenção da densidade óssea entre outros benefícios; proporcionando melhorias significativas no equilíbrio, na velocidade de andar, no reflexo, na ingestão alimentar, diminuição da depressão, e prevenindo a tão temida osteoporose e suas consequências degenerativas.  Já é comprovado que a hipertrofia muscular e a força aumentada, tem um impacto substancial nas atividades da vida diária e na atividade funcional do idoso, uma vez que os protege contra lesões.  Evidenciando uma vez mais, que a prática de exercícios produz efeitos protetores contra a evolução de doenças crônicas degenerativas, aumenta a expectativa de vida, e acima de tudo melhora o estado de saúde do indivíduo, o que faz do exercício uma importante estratégia de Saúde Pública.

Os problemas musculoesqueléticos preexistentes podem ser um impedimento para o começo de uma atividade, pois mais de 50% dos idosos envolvidos em programas de exercícios desenvolvem lesões que são exacerbações de condições preexistentes. 
Lembrando ainda, que a osteoartrose afeta 85% de todas as pessoas com 70 anos de idade ou mais. Ou seja, é importante saber se (e quais) as atividades limitam essa população.  Por isso, é imperativo que a atividade seja orientada por um profissional competente e responsável, que observe e respeite o limite do idoso.  Dentre tantas opções de atividades físicas, o ideal é que o idoso escolha uma onde possa executar exercícios que lhe agradem e motive, gerem bem estar e qualidade de vida; seja ela a musculação, a yoga, o pilates, a caminhada, a natação, etc. 
Pois, a prática regular de atividade física de maneira adequada às necessidades e realidade física, psicológica e social do idoso, pode significar a diferença entre uma vida autônoma ou não.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #QualidadeDeVida#EnvelhecimentoSaudavel

A atividade física oferece importantes benefícios à população da terceira idade, tais como, a prevenção e diminuição de problemas cardiovasculares, pulmonares, auxilio no controle da diabetes, artrite, doenças cardíacas, fortalecimento muscular, manutenção da densidade óssea entre outros benefícios; proporcionando melhorias significativas no equilíbrio, na velocidade de andar, no reflexo, na ingestão alimentar, diminuição da depressão, e prevenindo a tão temida osteoporose e suas consequências degenerativas. Já é comprovado que a hipertrofia muscular e a força aumentada, tem um impacto substancial nas atividades da vida diária e na atividade funcional do idoso, uma vez que os protege contra lesões. Evidenciando uma vez mais, que a prática de exercícios produz efeitos protetores contra a evolução de doenças crônicas degenerativas, aumenta a expectativa de vida, e acima de tudo melhora o estado de saúde do indivíduo, o que faz do exercício uma importante estratégia de Saúde Pública.

Os problemas musculoesqueléticos preexistentes podem ser um impedimento para o começo de uma atividade, pois mais de 50% dos idosos envolvidos em programas de exercícios desenvolvem lesões que são exacerbações de condições preexistentes.
Lembrando ainda, que a osteoartrose afeta 85% de todas as pessoas com 70 anos de idade ou mais. Ou seja, é importante saber se (e quais) as atividades limitam essa população. Por isso, é imperativo que a atividade seja orientada por um profissional competente e responsável, que observe e respeite o limite do idoso. Dentre tantas opções de atividades físicas, o ideal é que o idoso escolha uma onde possa executar exercícios que lhe agradem e motive, gerem bem estar e qualidade de vida; seja ela a musculação, a yoga, o pilates, a caminhada, a natação, etc.
Pois, a prática regular de atividade física de maneira adequada às necessidades e realidade física, psicológica e social do idoso, pode significar a diferença entre uma vida autônoma ou não.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #QualidadeDeVida #EnvelhecimentoSaudavel

23 0 15 May, 2019
Se quisermos que o envelhecimento seja uma experiência positiva, uma vida mais longa deve ser acompanhada de oportunidades contínuas de saúde, participação e segurança.  A Organização Mundial da Saúde adotou o termo “envelhecimento ativo” para expressar o processo de conquista dessa visão.

O que é “envelhecimento ativo”?
Envelhecimento ativo é o processo de otimização das oportunidades de saúde, participação e segurança, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida à medida que as pessoas ficam mais velhas.

A palavra “ativo” refere-se à participação contínua nas questões sociais, econômicas, culturais, espirituais e civis, e não somente à capacidade de estar fisicamente ativo ou de fazer parte da força de trabalho.  As pessoas mais velhas que se aposentam e aquelas que apresentam alguma doença ou vivem com alguma necessidade especial podem continuar a contribuir ativamente para seus familiares, companheiros, comunidades e países.  O objetivo do envelhecimento ativo é aumentar a expectativa de uma vida saudável e a qualidade de vida para todas as pessoas que estão envelhecendo, inclusive as que são frágeis, fisicamente incapacitadas e que requerem cuidados.

Manter a autonomia e independência durante o processo de envelhecimento é uma meta fundamental . Além disto, o envelhecimento ocorre dentro de um contexto que envolve outras pessoas – amigos, colegas de trabalho, vizinhos e membros da família.  Esta é a razão pela qual interdependência e solidariedade entre gerações (uma via de mão-dupla, com indivíduos jovens e velhos, onde se dá e se recebe) são princípios relevantes para o envelhecimento ativo. A criança de ontem é o adulto de hoje e o avô ou avó de amanhã. 
A qualidade de vida que as pessoas terão quando avós depende não só dos riscos e oportunidades que experimentarem durante a vida, mas também da maneira como as gerações posteriores irão oferecer ajuda e apoio mútuos, quando necessário.

#AgapeCuidadoresDeIdosos#ExcelenciaEmCuidar

Se quisermos que o envelhecimento seja uma experiência positiva, uma vida mais longa deve ser acompanhada de oportunidades contínuas de saúde, participação e segurança. A Organização Mundial da Saúde adotou o termo “envelhecimento ativo” para expressar o processo de conquista dessa visão.

O que é “envelhecimento ativo”?
Envelhecimento ativo é o processo de otimização das oportunidades de saúde, participação e segurança, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida à medida que as pessoas ficam mais velhas.

A palavra “ativo” refere-se à participação contínua nas questões sociais, econômicas, culturais, espirituais e civis, e não somente à capacidade de estar fisicamente ativo ou de fazer parte da força de trabalho. As pessoas mais velhas que se aposentam e aquelas que apresentam alguma doença ou vivem com alguma necessidade especial podem continuar a contribuir ativamente para seus familiares, companheiros, comunidades e países. O objetivo do envelhecimento ativo é aumentar a expectativa de uma vida saudável e a qualidade de vida para todas as pessoas que estão envelhecendo, inclusive as que são frágeis, fisicamente incapacitadas e que requerem cuidados.

Manter a autonomia e independência durante o processo de envelhecimento é uma meta fundamental . Além disto, o envelhecimento ocorre dentro de um contexto que envolve outras pessoas – amigos, colegas de trabalho, vizinhos e membros da família. Esta é a razão pela qual interdependência e solidariedade entre gerações (uma via de mão-dupla, com indivíduos jovens e velhos, onde se dá e se recebe) são princípios relevantes para o envelhecimento ativo. A criança de ontem é o adulto de hoje e o avô ou avó de amanhã.
A qualidade de vida que as pessoas terão quando avós depende não só dos riscos e oportunidades que experimentarem durante a vida, mas também da maneira como as gerações posteriores irão oferecer ajuda e apoio mútuos, quando necessário.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar

21 0 13 May, 2019

Top #AgapeCuidadoresDeIdosos posts

MITO!  Apesar das dificuldades e dos sintomas, a pessoa se mantém consciente do que acontece ao seu redor, principalmente nos estágios iniciais. 
É importante lembrar que o paciente com Alzheimer não passa a ser uma criança e devemos ter cuidado para não infantilizá-lo, garantindo seu espaço de respeito na família. (foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #amor #cuidado #saude #idosos #follow #qualidadedevida  #likes #bemestar  #longevidade

MITO!  Apesar das dificuldades e dos sintomas, a pessoa se mantém consciente do que acontece ao seu redor, principalmente nos estágios iniciais.
É importante lembrar que o paciente com Alzheimer não passa a ser uma criança e devemos ter cuidado para não infantilizá-lo, garantindo seu espaço de respeito na família. (foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #amor #cuidado #saude #idosos #follow #qualidadedevida #likes #bemestar #longevidade

43 1 12 July, 2019
Quando chegar aos 84 anos, como você pretende estar?

#AgapeCuidadoresDeIdosos #VidaSaudavel #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor

Quando chegar aos 84 anos, como você pretende estar?

#AgapeCuidadoresDeIdosos #VidaSaudavel #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor

26 1 19 June, 2019
- Geriatra pelo Ipsemg-HGIP; - Doutoranda pelo programa de pós graduação em ciências da saúde na Unimontes; - Especializada em cuidados paliativos pela Unimed.

Sigam o Instagram do simpósio @simposiosaudedoidoso 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor 
Faça logo a sua inscrição.

- Geriatra pelo Ipsemg-HGIP; - Doutoranda pelo programa de pós graduação em ciências da saúde na Unimontes; - Especializada em cuidados paliativos pela Unimed.

Sigam o Instagram do simpósio @simposiosaudedoidoso
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #vivermaisemelhor
Faça logo a sua inscrição.

20 0 27 May, 2019
A presença do acompanhante é de grande valia para a recuperação do paciente geriátrico pelo fato deste o estar auxiliando diretamente em atividades como dar suporte emocional e auxiliar na higiene pessoal.

Vale ressaltar que a participação ativa do acompanhante neste cenário não implica dizer que o mesmo venha se comportar como um substituto do profissional da enfermagem, porém como um colaborador, merecendo ter sua presença valorizada.

O processo de permanência no ambiente hospitalar denominado hospitalização traz consequências tanto para o idoso enfermo que precisa estar à mercê de um cuidador quanto para o acompanhante, pois muitas vezes se vê obrigado a abdicar de sua rotina.  Alterações no psicológico e no fisiológico do acompanhante, além de
serem prejudiciais para ele, refletem mesmo que indiretamente no paciente geriátrico. 
A nossa equipe conta com uma tecnologia de processo aplicada ao acompanhante do idoso hospitalizado para sua inclusão participativa nos cuidados diários. Com um maior diálogo entre a equipe de enfermagem e os acompanhantes de pacientes internados.

A experiência do acompanhante de paciente internado em instituição hospitalar. Alterações no cotidiano do
acompanhante influencia diretamente em sua relação com o paciente hospitalizado.

Situações de conforto e desconforto vivenciadas pelo acompanhante na hospitalização do familiar com doença crônica. A permanência no hospital acarreta danos não só ao doente, mas também ao acompanhante.

Disso, a nossa equipe de Cuidadores inclue em sua rotina de cuidados, e mantém com este um diálogo cotidiano. Isso reflete positivamente, fazendo com que o mesmo sinta segurança e encontre apoio nos profissionais que compõem o quadro de saúde em questão  Por conseguinte, com cuidadores devidamente treinados, e um bom número de enfermeiros qualificados
é possível um aceleramento na restauração da saúde da pessoa idosa hospitalizada.

Contrate os nossos Serviços, cuidados em domicílio. 
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #EnvelhecimentoSaudavel #EnvelhecimentoAtivo #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor

A presença do acompanhante é de grande valia para a recuperação do paciente geriátrico pelo fato deste o estar auxiliando diretamente em atividades como dar suporte emocional e auxiliar na higiene pessoal.

Vale ressaltar que a participação ativa do acompanhante neste cenário não implica dizer que o mesmo venha se comportar como um substituto do profissional da enfermagem, porém como um colaborador, merecendo ter sua presença valorizada.

O processo de permanência no ambiente hospitalar denominado hospitalização traz consequências tanto para o idoso enfermo que precisa estar à mercê de um cuidador quanto para o acompanhante, pois muitas vezes se vê obrigado a abdicar de sua rotina. Alterações no psicológico e no fisiológico do acompanhante, além de
serem prejudiciais para ele, refletem mesmo que indiretamente no paciente geriátrico.
A nossa equipe conta com uma tecnologia de processo aplicada ao acompanhante do idoso hospitalizado para sua inclusão participativa nos cuidados diários. Com um maior diálogo entre a equipe de enfermagem e os acompanhantes de pacientes internados.

A experiência do acompanhante de paciente internado em instituição hospitalar. Alterações no cotidiano do
acompanhante influencia diretamente em sua relação com o paciente hospitalizado.

Situações de conforto e desconforto vivenciadas pelo acompanhante na hospitalização do familiar com doença crônica. A permanência no hospital acarreta danos não só ao doente, mas também ao acompanhante.

Disso, a nossa equipe de Cuidadores inclue em sua rotina de cuidados, e mantém com este um diálogo cotidiano. Isso reflete positivamente, fazendo com que o mesmo sinta segurança e encontre apoio nos profissionais que compõem o quadro de saúde em questão Por conseguinte, com cuidadores devidamente treinados, e um bom número de enfermeiros qualificados
é possível um aceleramento na restauração da saúde da pessoa idosa hospitalizada.

Contrate os nossos Serviços, cuidados em domicílio.
#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #EnvelhecimentoSaudavel #EnvelhecimentoAtivo #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor

24 1 10 June, 2019
MITO!

Falhas de memória podem estar relacionadas a diversos fatores, como o estresse. 
É importante lembrar que a doença de Alzheimer vai atingir principalmente as memórias recentes.  As lembranças de fatos antigos geralmente são preservadas. Além disso, problemas recorrentes de memória podem ser sintomas de outras demências.
(foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #alzheimer #cuidadoresdeidosos #montesclarosmg #geriatriaegerontologia #envelhecimentoativo

MITO!

Falhas de memória podem estar relacionadas a diversos fatores, como o estresse.
É importante lembrar que a doença de Alzheimer vai atingir principalmente as memórias recentes. As lembranças de fatos antigos geralmente são preservadas. Além disso, problemas recorrentes de memória podem ser sintomas de outras demências.
(foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #alzheimer #cuidadoresdeidosos #montesclarosmg #geriatriaegerontologia #envelhecimentoativo

41 0 8 July, 2019
Verdade!!
Foi feito um estudo na Pensilvânia que relaciona pancadas na cabeça com desenvolvimento da DA, a explicação é que traumatismo craniano aumenta a concentação de proteína cerebrais que contribui com a formação para as placas senis, um dos importantes fatores da doença.  O Alzheimer não é simplesmente um estado avançado de envelhecimento normal, mas sim envelhecimento desregulado que pode induzir alterações específicas na estrutura da combinação de proteínas e DNA.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #EnvelhecimentoAtivo #ViverMaiseMelhor #gerontologiaporamor👵🏻❤❤

Verdade!!
Foi feito um estudo na Pensilvânia que relaciona pancadas na cabeça com desenvolvimento da DA, a explicação é que traumatismo craniano aumenta a concentação de proteína cerebrais que contribui com a formação para as placas senis, um dos importantes fatores da doença. O Alzheimer não é simplesmente um estado avançado de envelhecimento normal, mas sim envelhecimento desregulado que pode induzir alterações específicas na estrutura da combinação de proteínas e DNA.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #EnvelhecimentoAtivo #ViverMaiseMelhor #gerontologiaporamor👵🏻❤❤

21 0 24 June, 2019
VERDADE!  Doenças cardiovasculares podem aumentar o risco da doença de Alzheimer e de outras demências, como a demência vascular. 
Porém, são levados em conta fatores de risco para doenças cardiovasculares (como o fumo, diabetes e hipertensão) que ajudam a desenvolver o Alzheimer.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #idosos #alzheimer #cuidadoresdeidosos #montesclarosmg #geriatriaegerontologia #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #EnvelhecimentoAtivo #EnvelhecimentoSaudavel

VERDADE!  Doenças cardiovasculares podem aumentar o risco da doença de Alzheimer e de outras demências, como a demência vascular.
Porém, são levados em conta fatores de risco para doenças cardiovasculares (como o fumo, diabetes e hipertensão) que ajudam a desenvolver o Alzheimer.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #idosos #alzheimer #cuidadoresdeidosos #montesclarosmg #geriatriaegerontologia #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #EnvelhecimentoAtivo #EnvelhecimentoSaudavel

48 1 10 July, 2019
MITO!
Por se tratar de uma doença que não tem cura, receber um diagnóstico de Alzheimer costuma ser assustador. Mas não significa, nem um pouco, que a vida acabou! 
Uma pessoa com DA pode viver em média entre 10 a 12 anos, embora haja muitos casos de pessoas que vivem com a doença até 20/25 anos, dependendo de diversos fatores.

Embora a DA desenvolva-se lentamente e de maneira diferente de pessoa para pessoa, estudiosos definem alguns padrões na forma como a doença evolui para facilitar a compreensão e ajudar no planejamento da vida e dos cuidados após o diagnóstico.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #geriatria #cuidadoresdepessoas #montesclaros #idosos #envelhecimentoativo #ViverMaiseMelhor #alzheimer

MITO!
Por se tratar de uma doença que não tem cura, receber um diagnóstico de Alzheimer costuma ser assustador. Mas não significa, nem um pouco, que a vida acabou!
Uma pessoa com DA pode viver em média entre 10 a 12 anos, embora haja muitos casos de pessoas que vivem com a doença até 20/25 anos, dependendo de diversos fatores.

Embora a DA desenvolva-se lentamente e de maneira diferente de pessoa para pessoa, estudiosos definem alguns padrões na forma como a doença evolui para facilitar a compreensão e ajudar no planejamento da vida e dos cuidados após o diagnóstico.

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #geriatria #cuidadoresdepessoas #montesclaros #idosos #envelhecimentoativo #ViverMaiseMelhor #alzheimer

26 0 1 July, 2019
MITO!

A doença de Alzheimer de início precoce atinge pessoas com idade inferior a 65 anos, além de ser uma condição rara , ocorre o declínio rapidamente das funções cognitivos.  Não se sabe exatamente qual é a causa, mas se conhece os fatores de risco. A idade é o maior deles .  O Alzheimer geralmente afeta pessoas com 66 anos ou mais, atingindo menos de 0,5% das pessoas abaixo de 40 anos. 
Porém, a partir dos 65 anos, o risco de desenvolver a doença duplica a cada cinco anos , ou seja uma pessoa com 70 anos tem o dobro de chance de desenvolver a doença em relação a uma de 65 anos e assim em diante .

Vale lembrar que o risco também é mais alto em pessoas que têm história familiar da doença ou de outras demências . "Ainda não sabemos todos os mecanismos genéticos envolvidos, entretanto, quanto mais jovem a pessoa com a doença, maior é a ocorrência dela no seu contexto familiar", explica o psiquiatra Jerson Laks, coordenador do Centro para Doença de Alzheimer e outros transtornos relacionados ao idosos e professor do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) (foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor #Idosos #QualidadeDeVida #envelhecimentoativo

MITO!

A doença de Alzheimer de início precoce atinge pessoas com idade inferior a 65 anos, além de ser uma condição rara , ocorre o declínio rapidamente das funções cognitivos. Não se sabe exatamente qual é a causa, mas se conhece os fatores de risco. A idade é o maior deles . O Alzheimer geralmente afeta pessoas com 66 anos ou mais, atingindo menos de 0,5% das pessoas abaixo de 40 anos.
Porém, a partir dos 65 anos, o risco de desenvolver a doença duplica a cada cinco anos , ou seja uma pessoa com 70 anos tem o dobro de chance de desenvolver a doença em relação a uma de 65 anos e assim em diante .

Vale lembrar que o risco também é mais alto em pessoas que têm história familiar da doença ou de outras demências . "Ainda não sabemos todos os mecanismos genéticos envolvidos, entretanto, quanto mais jovem a pessoa com a doença, maior é a ocorrência dela no seu contexto familiar", explica o psiquiatra Jerson Laks, coordenador do Centro para Doença de Alzheimer e outros transtornos relacionados ao idosos e professor do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) (foto por Alex Tem Napel)

#AgapeCuidadoresDeIdosos #ExcelenciaEmCuidar #gerontologiaporamor👵🏻❤❤ #ViverMaiseMelhor #Idosos #QualidadeDeVida #envelhecimentoativo

26 0 26 June, 2019